terça-feira, 12 de Agosto de 2014

A Juventude e o seu convívio com a Violência” Debatidade nas "Noites de Palcos Aberto"




“A Juventude e o seu convívio com a Violência”, foi tema da 3ª edicção das Noites de Palco Aberto no último Domingo, 10/08/014. A conversa interactiva com mais de 45 jovens e adolescentes, no espaço das 20 às 22 horas, organizado pelo Grémio de Artes Elongiso (G. A. E), na sala de reuniões da AJS – Associação Jovenil para a Solidariedade, situada no bairro da Santa Cruz no município do Lobito, província de Benguela, é uma das actividades do projecto “Consciência Activa”.
Com a apresentação de Gildo Fernandes e Felício Rodrigues e a animação teatral do Elongiso teatro. e a música a cargo dos músicos Fred & AG (Força Genuina), Kid Man, Vasco Chioca, Valente Fuca (Valente Swegger) e Justino Lútero (Bany), dos bairros do São João, Santa Cruz e Canata, respectivamente, relevou questões como: o que é violência? Os tipos de violência. Qual dos génerso é mais propenso à violência? As causas da violência. Como reagir diante de uma situação propensa a violência?
Entre os participantes, frases como “A obediencia é a chave do sucesso”; “é preciso reflectir sobre a violência antes e como é manifestada, se queremos evitá-la”; “O passado deve servir de lição para nós e encontrarmos vários recursos ou apoios para evitar a violência como procurar um psicólogo, praticar a leitura, beber da expriência dos mais velhos”.
O projecto “Consciência Activa” é uma iniciativa e implementação da AJS- Associação Juvenil para a Solidariedade

Por: Júlio Lofa

sexta-feira, 23 de Maio de 2014

Benguela, Activistas são formados em Técnicas de Informação e comunicação



Terminou a formação de Activistas em IEC- Informação, Educação e Comunicação para a prevenção das ITS e VIH e Sida.
A respectiva actividade teve a duração de três dias (21, 22, 23 de Maio de 2014) no anfiteatro da escola Liceu na província de Benguela.
Temas como o “Conceitos básicos sobre ITS, VIH e Sida”, “Prevenção e transmissão de VIH e Sida”, “Prevenção de transmissão vertical” , “Pessoas vivendo com o VIH, Leis e direitos”  Teoria e técnicas de comunicação” entre outros foram debatidos durante os três  dias.
A formação foi dirigida por Marcela Silva Medica – INLS- Instituto Nacional de Luta Contra Sida;
Bruno de Oliveira Assessoria técnica INLS.
A mesma actividade foi organizada pelo Instituto Nacional de Luta Contra a Sida em Parceria com o Programa Provincial de Luta Contra a Sida na província de Benguela

Reportagem Florentino Calei

terça-feira, 26 de Novembro de 2013

Marcha de Solidariedade as Vítimas do VIH-SIDA no Lobito

  A AJS em parceria com as Direcção Provincial da Saúde, de Benguela vão realizar no dia 30 de Novembro de 2013 no município do Lobito, uma marcha alusiva ao dia 01 de Dezembro, dia mundial de luta contra a SIDA.
A referida actividade tem como objectivo, levar ao conhecimento dos citadinos os índices de prevalência da doença no município, em particular e na Província, de modo geral. Desde 2011 que o Lobito é o município com mais casos positivos de, na Província de Benguela. Está com 7% segundo o relatório da conferência sobre SITUAÇÃO EPIDEMIOLÓGICA SOBRE VIH E SIDA de 2012 da Direcção Provincial da Saúde de Benguela.
A concentração será nos Bombeiros às 8 horas e 30 minutos. Início da marcha 9 horas e terminará no campo da Canata do Lobito, com a feira da Saúde.
Sob o Lema: “Conheça o seu estado serológico”, solicitamos aos participantes a trajarem uma T-shirt branca e um laço Vermelho.

terça-feira, 19 de Novembro de 2013

AJS- Associação Juvenil Para a Solidariedade, Encerra Ciclo de Palestras


 







Encerrou no dia 07 de Novembro do corrente ano o ciclo de palestras sobre Saúde Preventiva Cidadania e Educação, nas escolas do I e II Ciclo do ensino secundário dos municípios do Lobito e Catumbela.
Consciencializar a juventude estudantil de forma a adoptar um comportamento digno e correcto diante da sociedade foi o objectivo da mesma. Presidiram as palestras João Luís, Educador Social, Salomão Gando, Professor, Weslei Osvaldo Estudante universitário e Geraldo Zeca, estudante universitário e Professor do I ciclo do ensino Primário.
Pretendia-se alcançar 400 alunos e 17 Professores de Língua Portuguesa e Educação Moral e Cívica em 8 escolas seleccionadas do I e II Ciclo.
O respectivo ciclo de palestras teve início no dia 04 do mês de Setembro e terminou no dia 07 de Novembro de 2013, sendo que a 302 alunos, 17 professores, 6 palestrante participaram de forma interactiva nas palestras desenvolvidas em 7 escolas.
As escolas abrangidas foram: Escola do I Ciclo Rei Mandume, Escola Evangélica, Magistério Primário, ambas de santa Cruz- Lobito Escola Rei Katiavala, Escola Paroquial do São João, Colégio Multi-Forma, Santa Cruz- Lobito e a Escola Primária do I Ciclo Povo Unido, Catumbela.
 Temas como: “A perca dos valores morais”; “A degradação do meio ambiente”; “A valorização do património cultural”; “O nível elevado de delinquência juvenil na nossa sociedade”; “A promiscuidade entre adolescentes e jovens”; “Abuso de menores e prevenção contra o rapto infantil”; “A relação professor-aluno, aluno-professor dentro da sala de aula”; “O uso excessivo de bebidas alcoólicas na camada juvenil”, foram debatidos durante as palestras.
De lembrar que Associação Juvenil para a Solidariedade AJS é uma Organização da Sociedade Civil, de âmbito local, fundada aos 18 de Dezembro de 1999, no Lobito, província de Benguela, com mais de 15 membros de ambos os sexos, não distingue crença, classe social, opção política, raça, origem étnica.
Apartidária, legal e de fins não lucrativos, a AJS tem como principal missão “promover o desenvolvimento físico e mental da juventude”.
Os alvos são a criança, a juventude, homens e mulheres. O seu objecto social é “(a) Promover a salvaguarda dos direitos da criança e (b) desenvolver condições para uma juventude condigna, na base de educação cívica, cultura, e consciência dos direitos humanos”.

Reportagem Florentino Calei

segunda-feira, 18 de Novembro de 2013

Bairro de Santa Cruz, localizado no município do Lobito, Província de Benguela vive a cultura em seus pés, com as “Noites de Palco Aberto”. É uma iniciativa da AJS— Associação Juvenil para a Solidariedade e do Grémio de Artes Elongiso. Acontece todos os Domingos a partir das 19horas. Com entradas grátis.



Reunimos entre (40) quarenta a (50) cinquenta jovens, vindo dos diversos Bairros do Lobito como: São João, Bela Vista, Catumbela, Compão, Alto Líro, Alto Esperança, Bairro da Luz entre outros.
Noites de “palco aberto”, é uma actividade lúdica de caracter educativo que visa a descobertas de novos valores no mundo de várias artes como: Música, Teatro, Dança, Poesia e outras artes
Apoie, Divulgue e Participe.